Uso do mepolizumabe como terapia adjuvante na asma alérgica eosinofílica grave: uma revisão bibliográfica

Autores

  • Alex Martiniano Martins Centro Universitário de Mineiros - UNIMES. Mineiros - GO. Autor
  • Bruno Debona Souto Centro Universitário de Mineiros - UNIMES. Mineiros - GO. Autor
  • Camila Botelho Miguel Centro Universitário de Mineiros - UNIMES. Mineiros - GO. Autor
  • Severino Correia do Prado Neto Centro Universitário de Mineiros - UNIMES. Mineiros - GO. Autor

DOI:

https://doi.org/10.61411/rsc20238416

Palavras-chave:

Asma alérgica, Eosinofilia, Imunobiológico, Mepolizumabe

Resumo

A asma alérgica é uma doença respiratória crônica que afeta as vias aéreas inferiores, ocasionada por uma inflamação recorrente dos brônquios. A asma eosinofílica alérgica, marcada por uma hiperprodução de eosinófilos, desencadeia-se por uma série de danos nos tecidos dos brônquios pela alta infiltração tecidual destas células de defesa, ocasionando um elevado processo inflamatório. A interleucina 5 (IL-5) é a principal citocina mediadora responsável pela sintetização dos eosinófilos. A utilização de um imunobiológico que consegue inibir a ligação da IL-5 com seu receptor expresso nos eosinófilos, contribui no controle das exacerbações. Assim, este estudo visa elucidar os aspectos gerais da asma com foco na asma alérgica eosinofílica grave e o uso terapêutico do Mepolizumabe. As bases de dados utilizadas foram o Google Scholar e Pubmed, priorizando artigos científicos, estudos com humanos e animais que explanassem dados a respeito do Mepolizumabe no tratamento desta doença. De acordo com os dados da literatura, o uso do Mepolizumabe contribui para controle das exacerbações de asma diminuindo a quantidade de células eosinofílicas séricas, oferecendo qualidade de vida aos portadores dessa doença. Pacientes com asma alérgica eosinofílica grave podem se beneficiar do uso do Mepolizumabe, visto que a medicação altera o curso evolutivo desta doença.

Biografia do Autor

  • Alex Martiniano Martins, Centro Universitário de Mineiros - UNIMES. Mineiros - GO.

    Graduando em Medicina pelo Centro Universitário de Mineiros - UNIFIMES, Mineiros - GO, Brasil. 

  • Bruno Debona Souto, Centro Universitário de Mineiros - UNIMES. Mineiros - GO.

    Especialista em Alergia e Imunologia pela Faculdade Arthur Sá Earp Neto – Faculdade de Medicina de Petrópolis, graduado em Medicina pela Universidade Gama Filho, Rio de Janeiro – RJ, Brasil.

  • Camila Botelho Miguel, Centro Universitário de Mineiros - UNIMES. Mineiros - GO.

    Doutora em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro, graduada em Biomedicina pela Universidade de Uberaba, Uberaba – MG, Brasil.

  • Severino Correia do Prado Neto, Centro Universitário de Mineiros - UNIMES. Mineiros - GO.

    Especialista em Reumatologia pelo Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás, graduado em Medicina pela Universidade Federal de São João Del Rei – Campus Centro Oeste Dona Lindu, Divinópolis – MG, Brasil.

Referências

MARQUES, Consuelo Penha Castro et al. Epidemiologia da Asma no Brasil, no período de 2016 a 2020. Research, Society and Development, v. 11, n. 8, p. e5211828825-e5211828825, 2022;

NORMA DE PAULA, M. Rubini et al. Guia prático sobre controle ambiental para pacientes com rinite alérgica. Arquivos de Asma, Alergia e Imunologia, v. 1, n. 1, p. 7-22, 2017;

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Saúde Respiratória – Em 2021, SUS registrou 1,3 milhão de atendimentos a pacientes com asma na Atenção Primária à Saúde. 2022. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/noticias/2022/maio/em-2021-sus-registrou-1-3-milhao-de-atendimentos-a-pacientes-com-asma-na-atencao-primaria-a-saude-1. Acesso em 19 de janeiro de 2022;

ATHANAZIO, Rodrigo et al. Prevalência do fenótipo eosinofílico em pacientes com asma grave no Brasil: o estudo BRAEOS. Jornal Brasileiro de Pneumologia, v. 48, 2022;

CARVALHO-PINTO, Regina Maria de et al. Recomendações para o manejo da asma grave da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia-2021. Jornal Brasileiro de Pneumologia, v. 47, 2021;

RODRIGUES, Amanda Santos et al. Abordagem geral da asma: uma revisão narrativa. Revista Eletrônica Acervo Médico, v. 1, n. 2, p. e9129-e9129, 2021;

SALVADOR, B.A. Guia para manejo da asma grave. Braz J Allergy Immunol , v. 3, não. 17h. 205-25, 2015;

GINA. Gina Main Report. Global Strategy for Asthma Management and Prevention, 2023. Disponível em: https://ginasthma.org/2023-gina-main-report/. Acesso em 25 de setembro de 2023;

DE OLIVEIRA SILVA, Marina Teixeira et al. Uso de imunobiológicos no manejo da asma grave em pediatria. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 13, n. 9, p. e8150-e8150, 2021;

FERREIRA, Camilla de Paiva Silva et al. Mepolizumab como opção terapêutica coadjuvante no tratamento da asma: Uma revisão de literatura. Conexão Ci. Formiga/MG, vol. 12, nº 2, p. 129-131, 2017;

TAKEJIMA, Priscila et al. Asma alérgica e não alérgica apresentam diferentes características fenotípicas e genotípicas. Arquivos de Asma, Alergia e Imunologia, v. 1, n. 1, p. 87-98, 2017;

Hart TK, Cook RM, Zia-Amirhosseini P, Minthorn E, Sellers TS, Maleeff BE, Eustis S, Schwartz LW, Tsui P, Appelbaum ER, Martin EC, Bugelski PJ, Herzyk DJ. Preclinical efficacy and safety of mepolizumab (SB-240563), a humanized monoclonal antibody to IL-5, in cynomolgus monkeys. J Allergy Clin Immunol. 2001 Aug;108(2):250-7. doi: 10.1067/mai.2001.116576. PMID: 11496242;

Tsukamoto N, Takahashi N, Itoh H, Pouliquen I. Pharmacokinetics and pharmacodynamics of mepolizumab, an anti-interleukin 5 monoclonal antibody, in healthy Japanese male subjects. Clin Pharmacol Drug Dev. 2016 Mar;5(2):102-8. doi: 10.1002/cpdd.205. Epub 2015 Aug 18. PMID: 27138023; PMCID: PMC5042051;

Pavord ID, Korn S, Howarth P, Bleecker ER, Buhl R, Keene ON, Ortega H, Chanez P. Mepolizumab for severe eosinophilic asthma (DREAM): a multicentre, double-blind, placebo-controlled trial. Lancet. 2012 Aug 18;380(9842):651-9. doi: 10.1016/S0140-6736(12)60988-X. PMID: 22901886;

Ortega HG, Liu MC, Pavord ID, Brusselle GG, FitzGerald JM, Chetta A, Humbert M, Katz LE, Keene ON, Yancey SW, Chanez P; MENSA Investigators. Mepolizumab treatment in patients with severe eosinophilic asthma. N Engl J Med. 2014 Sep 25;371(13):1198-207. doi: 10.1056/NEJMoa1403290. Epub 2014 Sep 8. Erratum in: N Engl J Med. 2015 Apr 30;372(18):1777. PMID: 25199059;

Haldar P, Brightling CE, Hargadon B, Gupta S, Monteiro W, Sousa A, Marshall RP, Bradding P, Green RH, Wardlaw AJ, Pavord ID. Mepolizumab and exacerbations of refractory eosinophilic asthma. N Engl J Med. 2009 Mar 5;360(10):973-84. doi: 10.1056/NEJMoa0808991. Erratum in: N Engl J Med. 2011 Feb 10;364(6):588. PMID: 19264686; PMCID: PMC3992367;

Stein ML, Villanueva JM, Buckmeier BK, Yamada Y, Filipovich AH, Assa'ad AH, Rothenberg ME. Anti-IL-5 (mepolizumab) therapy reduces eosinophil activation ex vivo and increases IL-5 and IL-5 receptor levels. J Allergy Clin Immunol. 2008 Jun;121(6):1473-83, 1483.e1-4. doi: 10.1016/j.jaci.2008.02.033. Epub 2008 Apr 14. PMID: 18410960; PMCID: PMC2749495;

Bel EH, Wenzel SE, Thompson PJ, Prazma CM, Keene ON, Yancey SW, Ortega HG, Pavord ID; SIRIUS Investigators. Oral glucocorticoid-sparing effect of mepolizumab in eosinophilic asthma. N Engl J Med. 2014 Sep 25;371(13):1189-97. doi: 10.1056/NEJMoa1403291. Epub 2014 Sep 8. PMID: 25199060;

Roufosse FE, Kahn JE, Gleich GJ, Schwartz LB, Singh AD, Rosenwasser LJ, Denburg JA, Ring J, Rothenberg ME, Sheikh J, Haig AE, Mallett SA, Templeton DN, Ortega HG, Klion AD. Long-term safety of mepolizumab for the treatment of hypereosinophilic syndromes. J Allergy Clin Immunol. 2013 Feb;131(2):461-7.e1-5. doi: 10.1016/j.jaci.2012.07.055. Epub 2012 Oct 4. PMID: 23040887; PMCID: PMC3558744;

Menzella F, Lusuardi M, Galeone C, Taddei S, Facciolongo N, Zucchi L. Mepolizumab for severe refractory eosinophilic asthma: evidence to date and clinical potential. Ther Adv Chronic Dis. 2016 Nov;7(6):260-277. doi: 10.1177/2040622316659863. Epub 2016 Aug 11. PMID: 27803792; PMCID: PMC5076744.

Downloads

Publicado

2023-12-28

Edição

Seção

Ciências da Saúde

Categorias

Como Citar

MARTINIANO MARTINS, Alex; DEBONA SOUTO, Bruno; BOTELHO MIGUEL, Camila; CORREIA DO PRADO NETO, Severino. Uso do mepolizumabe como terapia adjuvante na asma alérgica eosinofílica grave: uma revisão bibliográfica. Revista Sociedade Científica, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 1–17, 2023. DOI: 10.61411/rsc20238416. Disponível em: https://journal.scientificsociety.net/index.php/sobre/article/view/84.. Acesso em: 24 fev. 2024.